Bem vindo ao nosso blog! Navegue à vontade!

“Respeitando os biomas brasileiros, estaremos respeitando a fauna, a flora e a vida das futuras gerações, independente de serem humanas , animais , vegetais ou fontes de água.” Profª Coraci Machado

quinta-feira, 3 de março de 2016

Dinâmica: Corações de Amizade

Objetivo Geral: incentivar a amizade entre os alun@s da turma do 5º Ano.

Justificativa: entre os alunos (meninos e meninas) havia preconceito quanto a amizade entre menino/menino e menina/menina.
Por exemplo, se fossem fazer uma atividade em grupo, era uma complicação enorme. Na opinião da turma se sentassem menino/menina era namoro e se sentassem duplas do mesmo sexo era motivo de risadinhas maliciosas.

Objetivos Específicos:

  • trabalhar recorte e pintura
  • Ensinar a escrita do nome próprio dos alunos
  • Enfatizar o uso de letras Maiúsculas nas iniciais dos nomes dos alunos
  • Mostrar que é bonita a amizade entre as pessoas, independente do sexo
  • Interagir a turma e minimizar a formação de grupinhos por classe econômica.
Metodologia:
  1. Risquei corações em uma folha de papel sulfite e entreguei somente para a metade  da turma recortar, assim:
  2. Esta parte dos corações emendados ficou com os alunos que recortaram. O critério para escolher quem devia recortar foi sorteio, 
  3. Cada aluno que concluía o recorte ia me entregando os miolos dos corações. Esta parte aqui:
  4. Concluídos os recortes, solicitei um a um aos alunos para que pegassem em minha mesa os dois corações recortados;
  5. Pedi para que toda a turma colorissem bem bonito os corações
  6. Explique a eles que nenhum coração foi riscado no mesmo tamanho ou formato, portanto cada um teria seu par em particular, único
  7. Expliquei ainda sobre o valor da amizade entre as pessoas e que a partir daquela atividade, o colega que saísse nos corações seria o padrinho ou madrinha de turma todo o ano letivo, em qualquer situação escolar que o colega precisasse. Todos concordaram.
  8. Concluída a pintura, pedi que cada um escrevesse seu nome nos corações e fui liberando de dois em dois alunos para procurar seu par. O resultado foi foi bem positivo, pois todos aceitaram de bom grado seus afilhados/companheiros.
Avaliação: Depois que realizei esta atividade deu uma amenizada nesta situação de preconceito em relações amizades na sala de aula, principalmente quando as atividades escolares são em duplas.
  1. Veja as atividades: 
















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!